Paris – Roteiro de 5 dias

Conhecer Paris sempre foi o meu sonho, tudo nessa cidade me faz suspirar: o romance, a língua, o cheiro, a musica, as ruas, a arquitetura, a Torre, o ar parisiense e a atmosfera magica desse lugar incrível. Ahhh Paris… linda, romântica, emocionante!!! Visitar Paris é uma experiência única, e ir uma única vez para mim parece uma tarefa impossível, não faz muito tempo que fui pela primeira vez e já sei exatamente o quero fazer na próxima. Uh lá lá!!

Se vc está indo pela primeira vez, não deixe de fazer os passeios indispensáveis que todo turista faz, afinal vc precisa conhecer a cidade em toda a sua magnitude e cultura, mas não se esqueça de reservar um dia ou pelo menos algumas horas para viver Paris sem pressa, caminhar pelas ruas, comer tranquilamente em um dos maravilhosos restaurantes da cidade com vista para a Torre, sentar na margem do Sena, assistir um por do sol, se sentir um pouquinho parisiense e deixar que esse ar de romance e requinte te inebrie.

Dia 1

Chegamos em Paris por volta das 10hs ( clicando aqui vc pode ver todas as formas de ir dos aeroportos até Paris). Deixamos as malas no hotel e fomos direto buscar o nosso ParisPass, (o melhor desse ParisPass além de economizar na entrada das atrações foi o passe de metrô ilimitado que realmente valeu a pena, pq essa é a melhor forma de se locomover por Paris, ao lado de toda atração tem uma estação de metrô), de lá pegamos o metrô e descemos na estação do Trocadeiro, que é esse lugar mais alto de onde as pessoas tiram fotos da Torre.

Paris Torre EiffelTiramos milhões de fotos e descemos rumo a Torre Eiffel, como era inverno estava tendo como uma feirinha cheia de barracas de comidas ao lado da pista de patinação no gelo, aproveitamos e almoçamos ali, foi bom demais!!!

ParisBaixa21 ParisBaixa29Seguimos para a torre, agora vai a dica mais importante de todas, compre a sua entrada para a subida da torre por esse site com antecedência, vc agenda a data e a hora e sobe sem pegar a fila que pode chegar a 5 horas de espera!!!

Paris Arco do TriunfoSaimos de lá o fomos caminhando até o Arco do Triunfo (Entrada das 9:30 às 23h. Endereço Place Charles-de-Gaulle, metrô Charles-de-Gaulle, Etoile) entrada dele foi pelo ParisPass, depois passeamos pela Champs Elysee e voltamos para o nosso hotel para descansar um pouco da viagem longuíssima.

ParisBaixa126

A noite fomos no Moulin Rouge (82,Boulevard de Clichy, Pigalle), as entradas foram compradas também antecipadamente pela internet nesse site aqui

 Amamos muito o show, lindo e de muito bom gosto!!! Fomos pra lá de metrô mais na hora de ir embora tivemos que voltar de taxi porque o metrô já estava fechado, de qualquer maneira o valor do taxi não foi lá nenhum absurdo, pagamos 10 euros apenas até o nosso hotel que ficava na Champs Elysee.

Dia 2

Musée du Louvre - ParisEsse era o dia dos museus. Das várias opções disponíveis, decidimos que não podíamos deixar de ir no Louvre e no musée  d´Orsay, então saímos do hotel e fomos de metrô direto para o Louvre (Horários: Aberto diariamente das 9 às 18h, exceto 3ª feira. Visitas noturnas até às 21:45h 3ª e 5ª. Fechado 1/1, 1/5 e 25/12. Endereço: Musée du Louvre, 75058, linhas de metrô 1 e 7 estação; Palais-Royal/ Musée du Louvre – Site Oficial ) a entrada foi pelo ParisPass rápida e sem fila, depois de explorar esse museu incrível com um mapinha para olharmos as obras que mais nos interessava (pq ele é imenso e para ver tudo é necessário mais que um dia inteiro), almoçamos e fomos caminhando até a ponte dos cadeados, Pont des Arts (penduramos o nosso e um micro espaço que encontrei e jogamos nossa chavinha no Sena fazendo nosso pedido).

Ponte dos Cadeados - ParisPedidos feitos, hora de ir ao d’Orsay (entrada tbm pelo ParisPass, a fila era enorme mesmo com o Paris Pass, eles não faziam filas separadas o que eu achei um absurdo já que esse é objetivo desse passe) o mais incrível desse museu além das obras maravilhosas de Renoir, Rodin, Monet e etc, e o fato curioso dele ser uma antiga estação de trem, lindíssima claro!! (Musée d´Orsay, – Endereço:  1, rue de la Légion d´Honneur,  metrô 12 Sólferino .Horários: diariamente das 10 às 18h, 3ª feira até  21:45h e fechado às 2ªs feiras, 1/1, 1/5 e 25/12 Site Oficial.) Saindo de lá passeamos um pouco pelos arredores e terminamos o dia jantando próximo do hotel.

Dia 3

Hoje começamos o dia pegando o ônibus Hop on Hop off que o Paris Pass nos dava, esse passeio é ótimo para quem tem pouco tempo em um lugar, principalmente em cidades grandes porque além de contar a história dos lugares por onde passa, vc pode descer e subir em todos os seus pontos de interesse.

ParisBaixa117Como já tínhamos ido em alguns dos pontos turiscos que ele passava descemos apenas naqueles que faltávamos conhecer,  começamos pela Place de La Concorde, lá tem uma roda gigante tipo de Londres, não subimos pq o dia estava muito feio, voltamos ao ônibus  descemos na Catedral de Notre Dame (Endereço: Place du Parvis – Notre Dame, metrô Saint-Michel, Site Oficial) uma greja linda, gótica e muito imponente.

Saimos de lá e fomos ao Conciergerie (2 boulevard du Palais, 75001, metrô  Châtelet ou Cité, Site Oficial) que estava pertinho, esse foi o local onde Maria Antonieta ficou presa antes da sua execução, é possível fazer um tour e conhecer até mesmo o local exato onde ela ficou, onde há uma réplica de sua cela.

Saint Chapelle - ParisJunto ao Conciergerie e com a mesma entrada é possível visitar a Saint Chapelle, essa igreja é conhecida pela beleza incrível dos seus vitrais que ficam no segundo andar.

Depois da visita voltamos ao ônibus e descemos para conhecer a ponte mais bonita entre as 37 de Paris, a ponte Alexandre III.  De lá fomos para a Place de la Bastille uma praça muito bonita onde fica o Opera Bastille que é super moderno e todo espelhado. Bem próxima está a Place des Vosges, talvez a praça mais charmosa da cidade, é na maior casa dessa praça que viveu o famoso escritor Victor Hugo, é possível visitar a casa que hj é um museu.

Voltamos para o hotel para descansar e se arrumar que essa noite foi de super balada na Queen Club (102, Ave. Champs Elysées)

Dia 4 (véspera de Réveillon)

Como era de se esperar acordamos tarde e tivemos um dia mais preguiçoso, até mesmo por ser véspera de réveillon.

Sacre Coeur ParisComeçamos indo na Sacré Coeur (35 Rue du Chevalier de la Barre, metrô Anvers.)Essa basílica é linda, considerada um dos cartões postais de Paris, de lá de cima vc tem uma vista maravilhosa da cidade que já vale a visita, para subir além da escadaria, há a opção do bondinho que fica bem ao lado das escadas. Saimos de lá, andamos um pouco pela redondeza,  e depois fomos no Opera Garnier, (Endereço: Place de l´Opera,  75009, Metrô  Opera, Site Oficial) esse teatro é maravilhoso!!Infelizmente enquanto estávamos lá não conseguimos assistir nada porque não tinham espetáculos nas datas, mais fomos de dia apenas para conhecer, o que tbm vale muito a pena, a entrada também foi pelo Paris Pass.

ParisBaixa85Bem próximo do Ópera está a Galeries Lafayette (40, Blvd. Haussmann 75009, Site Oficial), fomos  até lá e confesso que quase enlouqueci, são tantas coisas pra ver, tantas marcas maravilhosas, que é um pouco difícil manter o foco kkkkkkk. A Galerie é dividida, a cada andar uma sessão diferente (cosméticos, moda homem, moda mulher, lingerie…). Prepare-se para entrar no mundo da moda, e conhecer todas as novidades desse mercado. Me perdi por horas ali,  depois voltamos para hotel porque a Champs Elysee ia se fechada para a comemoração de Réveillon.

Nós reservamos uma mesa do restaurante Alcazar para o Reveillon, eles oferecem um jantar maravilhoso da entrada á sobremesa, e após a meia noite vira uma baladinha. Nós adoramos!! Tinham muitos brasileiros, as musicas eram ótimas e o local ficou muito animado!!!

Dica: Essa é uma dica muito importante, se vc for passar o réveillon em Paris, decida como quer passar e onde com antecedência e faça reserva. Diferente do que temos no Brasil, não há uma grande queima de fogos e etc.., as pessoas vão para restaurantes, festas e baladas que vendem seus convites antecipadamente. Se quiser passar na rua, tbm é possível, basta ir bem aquecido para aguentar o frio, mas não é muito aconselhável, a Champs Elysee é fechada assim como os arredores da Torre Eiffel, mais normalmente nas ruas estão apenas os turistas que não tinham pra onde ir e os jovens da periferia de Paris. Não há fogos, qndo dá meia noite a Torre muda de cor diversas vezes como um jogo de luzes e cores e só.

Uma coisa bem legal para quem vai sair é que as linhas principais de metro ficam abertas até bem mais tarde nesse dia, o que facilita bastante a locomoção para qq lugar que queira ir.

Dia 5

VersallesEsse foi nosso ultimo dia, como nós só viajaríamos as 21hs, tínhamos tempo para os últimos passeios, antes de fazer nosso roteirinho eu já tinha considerado que era dia 01/01 e pouca coisa ia abrir, então reservei esse dia para o Palácio de Versalles, a entrada já tínhamos pelo Paris Pass, então fomos para lá de metrô, o que foi super fácil e recomendo.( Mesmo sem o Paris Pass não vale a pena pagar por excursões a Versalles)

Dica: Como ir até Versalles de metrô:  Vc precisa pegar a linha amarela C – RER, e descer na estação Versailles Rive Gauche, o seu ticket deve incluir a zona 4.( Se vc tem o ticket de metrô que veio no Paris Pass pode ir tranquilamente com ele, só na volta que terá que comprar outro na estação, não me recordo bem o preço exato mais era em torno de 3 euros). Saindo pela porta principal da estação siga a direita, vc verá placas informativas e após 2 quadras já será possível ver as grades do palácio.

De volta a Paris fomos na Capela da Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, (Endereço: 140, da rua do Bac, metrô Sèvres-Babylone ou Saint-Placide) sou super devota e queria ver eu mesma o local onde Maria apareceu para Santa Catarina Labouré.  Ela é linda, delicada e muito charmosa, ainda hj tem a cadeira no exato lugar onde Maria se sentou. Comprei varias medalhas e saí de lá muito feliz!! A viagem terminou maravilhosamente bem!!

+ Agumas dicas

*Para evitar as filas de mais de 5 horas para a Torre Eiffel compre sua entrada antecipadamente pelo site e agende o horario para meia hora antes do por do sol. Assim vc terá a oportunidade de tirar fotos da torre de dia, depois tirar fotos da vista do torre durante o por do sol e qndo descer  poderá tirar foto da torre toda iluminada de noite.

*A voltagem é 22oV e as tomadas são como essa da foto.

tomada*Mantenha o seu bilhete de trem ou metrô sempre em mãos, na maioria das estações vc também precisa inserir o bilhete na saída. 

*Coma os famosos macarons, são deliciosos, eu estou viciada neles. Os da Ladurée são incríveis!! (16, Rue Royale)

*Se vc for para Paris no verão não deixe de conhecer os jardins de Luxemburgo. Aproveite para comprar uma deliciosa baguette e sente as margens do Sena para come-la como fazem os parisienses. Use o mapa para fazer um roteiro prévio e faça um passeio pelos principais pontos turísticos a pé, e de maneira nenhuma deixe de fazer o cruzeiro pelo Sena.

*Sempre que vc for conhecer um ponto turístico deixe um tempinho livre para conhecer os arredores, eu sempre acabo comendo algo novo e descobrindo lugares super inusitados que não estavam no roteiro fazendo isso.

*Se vc está com fome e não sabe onde comer e não tem nenhuma indicação, busque sempre em volta de onde vc está os restaurantes que estão mais cheios, assim dificilmente vc vai errar.

*Não importa se vc for no inverno ou no verão, mas se pretende ir há uma balada ou restaurante bacana, mulheres levem um vestido arrumado e salto (se estiver frio dentro dos lugares vai ser quente) e homens levem no mínimo um paletó, esses lugares exigem trajes apropriados.

Dicas para quem assim como eu vai no inverno

O frio era demais e até mesmo choveu alguns dias, para conhecer bem as coisas acabamos andando muito, mas no inverno acredito que usamos muito mais os metrôs para se esconder do frio. Dentro de todos os lugares há aquecedores, então na hora de fazer as malas para que vc não traga mil coisas desnecessárias vai aqui a dica.

Vista-se em camadas, use meia calça grossa ou de lâ e calça jeans, use blusa segunda pele ou térmicas, por cima use um suéter, ou uma blusa de lã ou alguma outra do seu gosto, e por cima um casaco mais pesado, pode ser sobretudo, ou aqueles tipo Michelin, se for impermeável melhor ainda e levar 1 só que seja bom é mais que o suficiente (vc  vai tira-lo dentro de todos os lugares). Nos pés coloque uma bota confortável, tênis não é muito aconselhável, pq molha, escorrega e passa o frio pelos tecidos dele para o seu pé, a não ser que ele seja de couro aí até pode ser. Touca, luvas e cachecol ajudam muito, além de mudar a cara do visual nas fotos, que ficam sempre iguais, afinal vc está sempre com o seu super casacão, lembre-se que o frio é intenso, lenços não ajudam apenas enfeitam, os cachecóis tem que ser de lâ. Se vc for passa o Réveillon ou planeja ir em algum bom restaurante ou balada, não esqueçam dos trajes apropriados na dica de cima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s