O que fazer em Veneza – Roteiro de 2 dias

VenezaBaixa69Eu sempre quis conhecer Veneza e depois dessa viagem entendo perfeitamente o titulo de “cidade mais romântica do mundo”. Veneza é linda, pitoresca, histórica, respira e inspira romance, é emocionante e única.

Nós fomos a Veneza de trem, saindo de Roma (do post O que fazer em Roma – 5 dias), foi uma viagem super bacana, confortável, e até que passou rápido, o trajeto todo entre Roma Termine e Veneza Mestre leva 3:45hs. Compramos as passagens quando planejamos a viagem pela internet no site www.raileurope.com.br

Primeiro Dia

Chegando em Veneza desembarcamos na estação que fica em Veneza Mestre, para ir para o centro das principais atrações e  que também era o local que estava o nosso hotel foi necessário ir de Vaporetto.

Dica: Se hospede em Veneza mesmo, de preferência próximo a Praça San Marco, assim vc estará mais próximo de todas as atrações, não se hospede em Veneza mestre, ela fica longe de tudo, e apesar os hoteis serem mais confortáveis vc perderá a experiência de se hospedar em um hotel multicentenário em uma viela charmosa, e isso é o incrível de Veneza.

Dica Valiosa: Pegue instruções de chegada com o seu hotel. Só se chega a um endereço em Veneza com manual de instruções. Os hotéis têm prontos os itinerários desde o aeroporto, a estação de trem e o ponto de ônibus da Piazzale Roma. Se não estiver no site do hotel, peça por email, acredite vc vai precisar.

Nosso Hotel ficava a 1 quadra da Piazza San Marco, então deixamos as malas e começamos o nosso passeio por ela mesma.

VenezaBaixa46

Piazza San Marco

Nessa praça se encontra a famosa Basílica di San Marco, a Torre Dell Orologio (que mostra as fases da lua e os signos do zodíaco, diz a lenda que após os inventores terminarem de construir essa obra do relógio, tiveram seus olhos arrancados para que não pudessem fazer outro igual), o Campanário (Torre do sino de onde se tem uma vista maravilhosa da cidade), o Palazzo Ducale e o Museu Correr. Passeamos por ali, tiramos muitas fotos e entramos apenas na Basílica e no Campanário. Continuamos a caminhada e fomos conhecer a Ponte dos Suspiros ( ela liga o Palazzo Ducale ao da Nuova Prigioni que são separados pelo canal, essa era a ultima visão de Veneza que tinha os prisioneiros que passavam por ela antes de morrer).

VenezaBaixa9

Ponte do Suspiro

Depois do almoço fomos a Galleria Della Academia, que conta com a maior coleção de arte veneziana do Renascimento, com grandes obras de Veronese, Tintoretto, Bellini, Ticiano, Carpaccio e etc.. é lá que se encontra a enorme tela de Veronese “Festa na Casa de Levi”(1573) que foi originalmente encomendada pela igreja católica para ser a Santa Ceia e teve seu titulo alterado por ser considerada profana.

De noite caminhamos pela cidade e conhecemos o famoso Bácaro  que nada mais é que o botequim de Veneza. Vende “ombra” (vinho em copo), “cicchetti” (canapés tipo tapas) e spritz (que em Veneza é preparado Aperol ou Campari, vc os encontras nos cantos mais obscuros.

Dica: Não se perder pelas suas de Veneza é quase impossível, e essa é a graça mesmo do lugar, só desse jeito vc pode dizer que conheceu Veneza, então preste atenção no alto das casas que ficam nas esquinas das ruas, é nelas que estão as placas indicando a direção para os principais pontos turísticos. Sabendo disso perca-se sem medo por entre seus labirintos e descubra cantinhos únicos, lojas maravilhosas de mascaras, arte e vidro e restaurantes incríveis!!

VenezaBaixa75Segundo Dia.

Saímos para caminhar e depois fomos fazer o passeio de gôndola pelos canais. Foi demais!!! Amei muito mesmo!!! Com toda certeza o mais encantador de Veneza são as suas vielas, todas ligadas por pontes e cortadas por canais, caminhar por essas vielas e pontes já é uma experiência muito bacana, agora imagine navegar por elas, é simplesmente incrível!!

VenezaBaixa81

Ponte Rialto

Depois do passeio fomos conhecer a Ponte Rialto, numa cidade espalhada por 118 ilhas é claro que tem muitas pontes. 4 delas passam pelo Gran Canal: a da Academia, a da Constituição, a Ponte dos Descalços e a mais famosa delas e Ponte Rialto, que foi estrategicamente construída perto do mercado Rialto (por isso o nome) em 1181, a original sofreu um desabamento e a que está lá hoje foi construída em 1588. Ela é um dos grandes marcos da cidade e com certeza vale a visita.

Dica: Se tiver tempo sobrando vá conhecer a ilha Murano que fica bem próximo, é linda e tem as famosas fabricas de vidro, quem ainda não conhece as peças maravilhosas feitas por eles, vai ver muitas delas em Veneza, mas lá na ilha vc tem a oportunidade de assistir elas sendo feitas na hora e ainda pode comprar. Eu não tive tempo de ir mais pelo o que vi em Veneza e pelo o que ouvi de quem foi vale super a pena.

Como vcs podem perceber a viagem foi curta mais deu pra conhecer o principal. O que mais gostei e acredito que seja mesmo o melhor passeio é caminhar sem rumo, descobrindo ruas, labirintos, pontes e belíssimos canais. Apesar do tempo limitado, deu para sentir, vivenciar e me apaixonar por essa atmosfera de romance arrebatadora de Veneza.

E vc já foi a Veneza?? Deixe dicas pra gente!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s